terça-feira, 15 de julho de 2008

...


Tuas formas e teu olhar faminto me causam os mais espúrios e complexos desejos da carne, por certo insólitos... nem sempre convencionais...Teus seios são flechas perversas inescrupulosamente ávidas para o embate de forma firme e contundente com métodos sórdidos e fatais...Ludibrias teu alvo com tua bela flor, que desabrocha subserviente e captura tua presa inebriada com um ambiente quente e úmido, terno e acolhedor...Resta à mim a arte de decifrar o indecifrável, a argúcia de satisfazer o insaciável e a máxima de Hay que endurecer, pero sin perder la ternura...
*Leonardo Sarmento*

3 comentários:

Leonardo disse...

Belíssimo, parabéns pela escolha!

Enxaqueca disse...

Tia!!!
Fiz um meme e te indiquei pq acho que é a sua cara...

=)

E depois passa no meu blog lado B... Poesia nova lá...

Besos...

Maria Ana disse...

lindo!