quinta-feira, 3 de abril de 2008

Aos Filhos de Áries


Áries, o primeiro signo, do carneiro apaixonado
Tem em Marte seu desígno e no fogo seu reinado
Nas estrelas seu delírio, seu amor enciumado
Nos limites, seu martírio, seu mistério revelado
Louco signo das correntes e emoções arrebatadas
Ariana dos repentes e explosões descontroladas
Ariana, como o fogo, nunca será dominada
Decisiva como o jogo, e a primeira namorada
Signo da sinceridade, da vermelha cor do dia
Signo da velocidade, da impulsão e eu nem sabia
Que era tanta madrugada a derramar no coração
Como a rosa serenada se transforma e pinga ao chão

Oswaldo Montenegro
*A todos os arianos, incluindo euzinha, e a mais nova ariana que chegou ontem. Rafaela, esse é pra vc!

Nenhum comentário: