quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

Alvorada


Alvorada

Lá no morro que beleza
Ninguém chora não há tristeza
Ninguém sente o dissabor
O sol colorindo
É tão lindo, tão lindo
A natureza sorrindo
Tingindo, tingindo

Você também me lembra a alvorada
Quando chega iluminando
Meus caminhos tão sem vida
E o que me resta é bem pouco
Quase nada
Do que ir assim vagando
Numa estrada perdida.

* Cartola*

2 comentários:

Luma Rosa disse...

Que bela canção!! Se não me engano é uma parceria com Carlos Cachaça e lembro dela na voz de Clara Nunes, maravilhosa!!

Olha o vídeo com Amy Casey

Vanessa Valença disse...

Linda cançãoo.. adorei aqui... Beijos..

www.blogsensibilidades.blogspot.com