segunda-feira, 27 de outubro de 2008

A arte de amar


Se queres sentir a felicidade de amar,
Esquece a tua alma.
A alma é que estraga o amor.
Só em Deus ela pode encontrar satisfação.
Não noutra alma.
Só em Deus - ou fora do mundo.
As almas são incomunicáveis.
Deixe o teu corpo entender-se com outro corpo,
porque os corpos se entendem, mas as almas não.


*Manuel Bandeira*

5 comentários:

Ana Paula Duarte disse...

"Deixe o teu corpo entender-se com outro corpo,
porque os corpos se entendem, mas as almas não."

O poeta está mais do que certo...As almas humanas apenas se comunicam com nosso Deus...Já os corpos...Ah, rs...estes se entendem muito bem!
Boa escolha, belo blog!
Até a próxima, bjos.

Roberto Nogueira disse...

Lilian,

Muito obrigado pelas indicações de leitura lá na FOLHA DE MACONDO.
Adorei este seu blog também.

Abraços

Lino disse...

Neste caso, talvez pudéssemos dizer que o amor é físico e é este o aspecto que o marca.

adelaide amorim disse...

Oi, Lilian. Obrigada pelo comentário e pela dica do blog do Leonardo.
Beijo.

Leonardo disse...

As almas são peculiares a cada indivíduo, até mesmo os desalmados possuem suas almas, mas o melhor da vida é quando se encontra um amor de alma, este sim o verdadeiro amor à ser perseguido...