sexta-feira, 28 de setembro de 2007

Apagar-me


Apagar-me
diluir-me
desmanchar-me
até que depois
de mim
de nós
de tudo
não reste mais
que o charme.

*Paulo Leminski*

2 comentários:

Andrea disse...

Adoreio cantinho. Grande iniciativa. Bjs

Claudia Letti disse...

Poderia ficar horas catando poesias por aqui, delicia hein!? Sem falar na música... :)
beijão, Lilian